quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Beatriz I

Foi quando eu resolvi assistir a uma peça lá no São Raimundo, um teatro já velho, tradicional, admirável por sua beleza. Havia passado por uma banca onde tinha um cartaz indicando o horário e o dia do tal espetáculo. Eu estava tão entediado, sem nada pra fazer e naquele mesmo dia eu tinha brigado com alguém, não lembro quem. Estava andando pela rua, sem destino certo. Parei na tal banca para olhar uns livros novos. O ano era mil novecentos e oitenta. No meio dos livros achei a tal propaganda que dizia assim: Descubra uma verdadeira história do amor! Venha viver os encantos de Margarida Gautier! Margarida Gautier me parecia um nome familiar, conhecido, de perto. "Ah, é daquele romance de Dumas...", pensei. E era mesmo. Resolvi, então, meio que do nada, comprar o ingresso. Não estava tão caro e eu não tinha muito o que fazer. Fui até o cinema sozinho; sentei-me na primeira fila; me arrependi no começo: era uma bobagem tudo aquilo; levantei-me; andei uns metros; pensei melhor: não queria perder o dinheiro; voltei. Estava agoniado! A peça já estava atrasada. Eu não tinha pra que continuar feito um idiota ali parado no meio de um monte de estranhos. Ri de mim mesmo e pensei: que bobagem! Me levantei para ir embora e o apresentador anunciou: com vocês, A dama de camélias! Não adiantava ir embora mais. Agora só me restava assisti-la. Começou a tocar uma bela canção, que não lembro o nome. Saíram umas pessoas dos fundos e começaram a dançar no palco. Entre eles, vinha ela, uma atriz encantadora, apaixonante. Uma pele rosada, dissimulada, perfeita. Era a Margarida Gautier, cortesã da grande Paris. Olhei-a fixamente; não suportei; levantei-me! As pessoas reclamaram, mas eu precisava ficar de pé e enxergar bem aquela criatura. Gritaram comigo mas eu nem ligava e pararam a peça por minha causa! Ela olhou para mim e eu olhei para ela. Nos olhamos! O mundo parecia parar em minha volta. Eu só a via. Era a bela atriz, Beatriz.

Um comentário:

Maria Marcela disse...

Achei, ;pedrinho!!!!
Cara não adiantaria eu te dizer por msn que você é surpreendetemente inteligente porque não seria tão publico. Por isso te digo AQUI com todo orgulho e orgulho: Você é muito inteligente.
"ME leva para sempre, Beatriz...".
Ps: discutir e escultar Chico com você não tem preço. Tomando vinho então...