quinta-feira, 16 de junho de 2011

escapismo

O céu das nuvens
que passam em meus olhos
que guiam o vento
que leva a direção
da vida para onde quiser
e onde será?
atrás da lua
vindo do sol
entrando na casa
de alguém

O céu, onde os pássaros estão
onde brilha a aurora
de meus sonhos perdidos
e lá no céu
onde não tem gente
nem problemas
vivo sonhando
porque não me sei aqui
porque não serei
nem gente, nem Deus
nem ninguém nesse mundo
sem amor e paixão

Um comentário:

Mônica de Andrade disse...

Acho que eu gostei do seu :)