quarta-feira, 30 de maio de 2012

de um por um..

todos vão passando aos poucos e poucos ficando, cada um com seu modo de ser, de pensar, de agir no mundo... sendo o que é, sendo o que muitas vezes pedem os "acordos sociais", com normas de ser desse ou daquele jeito e então os seres vão se construindo, os "eus" se formando e a gente vai notando cada um mais a fundo, com mais "verdade".. daí sentimos aquilo que vem junto de um susto, um medo, por que geralmente é do modo como não se esperava.. vemos pois cada coisa, coisa de cada um, que vai passando aos poucos e deixando só um tanto de recordação numa memória que envelhece, mas nunca esquece.

Um comentário:

Pam disse...

ahh, gostei.